Justiça manda expor telas valiosas do pintor Alfredo Volpi.

MAC recebe telas de Alfredo Volpi estimadas em R$ 12 mi
09/10/2013: VejaOnline

Quatro pinturas do artista foram apreendidas pelos Justiça no ano passado e serão depositadas em comodato no Museu de Arte Contemporânea, em SP

MAC recebe telas de Alfredo Volpi estimadas em R$ 12 mi

Pintura do religioso Dom Bosco feita por Alfredo Volpi (Divulgação/ USP)

 

Quatro telas do pintor ítalo-brasileiro Alfredo Volpi (1896-1988) estimadas em 12 milhões de reais foram depositadas em comodato na nova sede do Museu de Arte Contemporânea (MAC-USP) no Ibirapuera, em São Paulo, na última segunda-feira. A entrega foi feita por iniciativa do Instituto Alfredo Volpi de Arte Moderna, que faz a catalogação de sua obra e de outros quatro artistas falecidos (Aldo Bonadei, Ernesto de Fiori, Flávio de Carvalho e Yolanda Mohalyi).

Apreendidas pela Justiça no ano passado, as obras estavam na casa do pintor, no bairro do Cambuci, zona sul de São Paulo, hoje ocupada por sua neta, Mônica Volpi. Segundo Pedro Mastrobuono, advogado do Instituto Alfredo Volpi, as telas fazem parte da coleção privada do pintor, composta de 47 obras que integram seu espólio, das quais 38 estão desaparecidas. Nove delas foram recuperadas e quatro são mantidas em mãos de colecionadores, considerados depositários fiéis.

“Esses quadros estavam guardados na casa de Volpi, sem condições de segurança ou proteção contra incêndio ou furto”, diz o advogado, justificando sua solicitação à Justiça para que as obras fossem transferidas para o museu, onde deverão permanecer em comodato por cinco anos. A decisão, segundo Mastrobuono, foi aprovada por consenso entre seus herdeiros e a juíza Vivian Wipfli, responsável pelo espólio de Volpi, que produziu mais de 3 000 obras.

O Instituto Volpi catalogou 2.239 obras suas, mas sabe-se da existência de outras, algo entre 800 e 1 000, avalia Mastrobuono, isso sem contar trabalhos em papel e azulejos do artista. “As telas que estavam guardadas em sua casa pertencem a uma seleção feita pelo próprio pintor, ou seja, estão entre as melhores produzidas por ele.”

A proposta inicial de comodato deixaria essas quatro telas apenas por um ano no MAC, mas, a pedido do museu, esse prazo foi estendido para cinco anos, tempo suficiente para que as pinturas possam ser vistas em futuras exposições.

Uma delas está em curso no MAC com curadoria do pintor Paulo Pasta, reunindo 18 das 21 telas de Volpi pertencentes ao acervo do museu, a maioria doada pelo crítico, colecionador e psicanalista de origem turca Theon Spanudis (1915-1986).

veja o original em arquivo pdf | MAC recebe telas de Alfredo Volpi

Comments ( 0 )