Morre Marco Antonio Mastrobuono, fundador do Instituto Alfredo Volpi

Aos 80 anos, o engenheiro lutava contra o câncer há um ano

Morreu na madrugada desta terça (17), o engenheiro Marco Antonio Mastrobuono, aos 80 anos. Presidente do Instituto Alfredo Volpi, foi um dos maiores conhecedores da obra do artista modernista, além de um grande colecionador – tinha mais de 100 quadros de Volpi, e obras de vários outros artistas da mesma vanguarda. Ele vinha lutando contra um câncer no intestino há um ano.

Ao lado de outros volpistas (grupo colecionadores e galeristas que trabalham com sua obra), o engenheiro foi responsável por catalogar a obra de Volpi – que produziu cerca de 3 000 peças – e, também, provar a autenticidade de seus quadros. Em agosto do ano passado, lançou um catálogo Raisonné do pintor.

Foi também o fundador da Companhia do Metrô em São Paulo, genro de Jânio Quadros e integrante do seu secretariado quando foi prefeito da cidade.

marco_ch-6[1]

O engenheiro foi o fundador da Companhia do Metrô, em São Paulo (Foto: Carlos Hauck)

Fonte: vejasp.abril.com.br

Por: Veja São Paulo